O assunto de hoje é sobre amor próprio. Tema proposto na blogagem coletiva do grupo Me Amo Assim, grupo de ajuda entre blogueiras que tem dificuldade de se aceitar e se amar exatamente como são.

me-amo-assim

Se amar não é tão simples quanto parece. Eu tenho a mania de achar que a roupa não está boa, que o cabelo está desarrumado ou qualquer outra coisa. Já fui muito pior nisso, eu me odiava, me achava horrível mas já melhorei bastante. Ainda tenho algumas crises de auto aceitação, e percebo que é algo que preciso me atentar todos os dias.

Hoje já me aceito bem mais e vou falar um pouco de mim e das coisas que já me aceito aqui com vocês.


  • Ser baixinha. Tenho 1,56 m de altura. Minha vontade era ser tipo mulherão de mais de 1,70 e até procurava como crescer (se tinha alguma receita pra isso) e quando percebi que não iria crescer mais, não tinha vontade de me arrumar, me vestia de qualquer jeito. Mas aprendi que independente da minha altura, cada pessoa tem uma beleza especial e que meu tamanho me faz bonita.

  • Sou apaixonada por meus olhos, mas tenho miopia. Meus olhos são verdes com um risco amarelo em volta da pupila, acho lindo. Maaaaaaas tenho miopia num grau alto, não consigo fazer nada sem óculos. Já tentei usar lentes de contato, até tenho mas não me adapto a elas. Acho muito desconfortável e tenho dor de cabeça sempre que uso. Também já me adaptei a usar óculos,e uso desde 12 anos (quase 10 anos :o) Comprei agora uma armação bonita, que gostei muito e me sinto melhor usando óculos agora! Claro que assim que puder vou fazer a cirurgia, mas consigo me aceitar melhor.

  • Ser magra. Sempre fui magrinha tipo Olívia Palito. Tinha 18 anos e parecia que tinha 14, com braços fininhos, pernas finas e ainda mais branca quase transparente (a pessoa aqui ainda por cima não tomava sol) e morria de vergonha quando falavam e zoavam do meu peso. Depois dos 20 anos engordei um pouquinho, mas ainda sou magra. Tenho tentado me aceitar e buscar vestir roupas que valorizem meu corpo.


Não é fácil se aceitar, mas é de extrema importância. Precisa ser um exercício diário e o resultado é uma melhora fantástica na autoestima.

O que você mais gosta em si mesmo? Conte pra mim aqui nos comentários!
Não deixe de se amar! <3

4 Comentários

Deixe um comentário

Deixe uma Resposta! Terei imenso prazer de receber! *-*